Sandra de Fausto Wolff na terra antes que dela eu me mude

Sandra de Fausto Wolff na terra antes que dela eu me mude

De quando em vez (sic) mergulho criança nos chamados livros escritos para crianças. E todas as vezes que assim faço, lembro que o meu bom irmão Dapenha ainda hoje mergulha na história do principezinho cor de rosa do Exupéry, o conhecido por muitos pela alcunha de O pequeno príncipe.

 Dessa vez, porém, anos depois, muitos,  foi este MB que voltou a mergulhar em um desses. E qual foi ?  Sandra na terra do antes, do Fausto wolff.

Mas esse que tenho agora em mãos, e  nele estou mergulhado e pedindo a Deus que o maléfico Corona volte à China para nunca mais por aqui voltar, não é aquele primeiro que ele –  Fausto Wolff –  enviou para este Malabarista de Palavras com dedicatória.

Esse, porém, que  me era por demais querido (epa!),  assim como aconteceu com muitos, um vivaldino me tomou emprestado e,  para nenhuma surpresa minha,  nunca mais mo (sic) devolveu.

Agora, pouco a pouco, nesses despretensiosos Pingos, vou entrar na história da Sandra e contar um pouco dela  – da historia e dela – para vocês. Se eu  acho ótimas? Ora bolas! Ambas!  E botem ótima nisso!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


um + 7 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>