Se as árvores tem alma, então…

Um dia o poeta cara do nosso Eu Plural, singular poeta, aquele que disse um dia ser uma sombra que vem de outras eras disse que as árvores não tem alma. Disse para o pai que morava com ele por aqui. O pai da terra.

Árvore,  não respondeu o pai, tem flores, folhas e frutos.  as flores enfeitam as almas. Algumas dão sombra, e  matam a fome do homens que muitas vezes nem nem sede nem fome de justiça tem. Alma, porém, nunca, meu filho!

Mas o pai pela vez dele, embora isso não lhe tenha dito, parece que não acreditou na  história do filho. Árvore com alma ?! Ora, se árvore tem alma, cachorro, gato e rato, essa família que briga desunida e ainda assim  parece sempre unida estar não tem como alma  essa família  não ter.  

E pensando assim, sem pensar duas vezes,  mandou “derrubar” uma árvore que sem ter a  alma em que não acreditava não tinha nenhum valor.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


quatro × 7 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>