SE EU AINDA TENHO SONHOS? NÃO TÊ-LOS SERIA UM PESADELO!

SE EU AINDA TENHO SONHOS? NÃO TÊ-LOS SERIA UM PESADELO!

Um dia me perguntaram se ainda tinha sonhos. Como ?! Viver sem sonhar ?!  Não seria vida, mas pesadelo! Ato continuo, respondi que viver era sonhar! Eu vivo! Respondi ainda que quando o sonho acaba, começa o pesadelo. Ou seja: sonhar é tão necessário quanto o ar que respiramos!

 Sonhar é tão bom quanto o sorriso que carregamos no cofre da boca para oferecer ao primeiro amigo que encontramos  pela manhã e nele confiamos  como uma criança confia na outra!  Sonhar para a alma é tão necessário quanto a comida e a água para o corpo.

Uma vez também me perguntaram o que era “sonho”. Confesso que achei difícil responder. O que é sonho? Também não pensei duas vezes: não se preocupe com o sonho, apenas deseje nunca parar de sonhar! O “sonho” seria mesmo a realização dos desejos suprimidos? Nem sempre. Mas, se Freud assim o definiu, deveria ter lá as suas razões.

Nunca me preocupei em saber o que era “sonho”. Ora, o sonho sem ter alguém para sonhar não existe! Mas, assim existindo, sonhar é mais importante que o sonho. Sempre.

Sonho com novas manhãs e um sol que não tem mais tamanho iluminando o meu caminho em direção a mim mesmo! Feliz! Sem preocupação alguma com a pele que, acostumada ao seu calor, de proteção nunca precisará!

O meu poeta Mario Quintana dizia que “sonhar é acordar para dentro”.  Bonito! Muito! E quantos, mesmo acordados, fecham os olhos para poder ver melhor dentro de si? E quantos ainda sonham acordados e, se assim o fazem, é porque sabem que sonhar é melhor muitas vezes que apenas viver?

Sem dúvidas: sonhar é melhor que sofrer!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− um = 4

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>