Se fazia frio  lá fora, dentro peito estava a 40 graus!
fazia frio lá fora...

Se fazia frio lá fora, dentro peito estava a 40 graus!

São Paulo faz frio. Muito. Uma bebida quente? Não foi preciso. Trago dentro de mim um sol que brilha durante todo o ano. O frio vem de fora. Dentro de mim faz sol. Quarenta graus. A sombra. Nada me assombra. Nem esse sol que mora dentro de mim. Bebo. Embriago-me de vida. Ou quase isso. Ou aquilo. Às vezes descubro que não é nada disso. Uma cerveja? O ser. Veja que existe dentro de cada um de nós um sol pedindo para sair da prisão do peito. Sintam. Brilhar lá fora. Brilho. Mais uma. Sempre haverá mais uma. Duas. Três. Mil. Não importa o número. O gosto. Esse que dá gosto à vida! Um gosto que nada tem do gosto da cerveja1 putabraço pra vocês. Sejam felizes. Lutem para isso. Vocês merecem!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× 8 = quarenta

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>