a solidão sob uma sombrinha nos  velhos tempos no ponto de cem réis…

a solidão sob uma sombrinha nos velhos tempos no ponto de cem réis…

a solidão no ponto vale menos que cem réis. a solidão no ponto vale menos que uma vírgula. menos ainda que um  ponto e vírgula. aqui de cima (estou no alto do que fora um dia um belo hotel que parecia a paraíba: o palace hotel) não somente sinto a solidão de muitos cercados de solitários por todos os lados,  ilhas de solitários –   vejo-a! a solidão é fera e devora os mais solitários. desculpem. uma solidão assim como o silêncio não dividido é uma merda.

putabraço para todos. especialmente para os solitários.

FB_IMG_1616577526347

 

em tempo: atentem para a data em que essa solidão foi pescada: 24/03/2016

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


4 + = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>