Sou apenas 1… berto!
1 no peito e na alma!

Sou apenas 1… berto!

Um número inteiro. 1.  Eu sou. Inteiro. Esse segue o O e precede o 2. Sou 1. Apenas. Sou 1. Singular. Dentro do peito, porém, sou Plural. Depois do O sou eu. Depois de mim, o 1, precede o 2. Nada mais natural. Nada mais simples.

Sou natural. O segundo. Sou ímpar. O primeiro. Sirvo também para artigo. Mas não pensem que desejo ser um artigo de luxo. Artigo indefinido. Masculino. Sou. Também sou o primeiro. Não falo aqui em liderança, mas na Sequência de elementos. Essa é a lembrança.

Lidero. Mas sou neutro quando se trata do produto. Tem mais: não adianta querer fazer de mim uma soma qualquer. Multiplique-me por outro que não haverá diferença. Serei sempre o mesmo. Ser ou não ser? Serei. Sou.

Nada de parentesco! Não sou primo de nenhum outro. Não tenho primo. Verdade. Posso até  ajudar a algum encontrar esse parentesco: ser primo! Exemplo? 71!

Estão lembrados do Pascal? Lembrei-me. Triângulo de Pascal. Sou o primeiro e último das linhas. Agora, o incrível: eu, o número 1, e 0,999… são exatamente o mesmo número! Não me perguntem como nem o porquê. Não sou matemático.! Malabarista de Palavras. Apenas. Leonard Euler. Foi ele quem disse e provou.

Ah, só mais uma curiosidade: Um baralho de 52 cartas, esse comum, não possui o número 1! Este é representado pelo Ás!Sou 1. Ser Ás nunca me interessou. Serás um dia? Não! Serei sempre 1berto de Almeida!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 − um =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>