Tiros dentro da noite e o medo do lado de fora…

Tiros dentro da noite e o medo do lado de fora…

Ontem na madrugada ouviram-se tiros no meio da noite. Não contei quantos. Mas assim de repente achei que ouvi uns cinco. Desconfiei que estivessem comemorando mais uma vitória. Depois mudei de ideia. Não era comemoração, pensei, alguém deixou estirado no chão que não queria em pé. Não ouvi a  sirene(a) cortando o silêncio da madrugada. Ouvi tiros. O medo ficou dentro de casa. Na prisão em que transformamos as  nossas casas. Chamar a policia? Nem pensar! Os ladrões e agora matadores de gente e da gente não deixam. Tiros dentro noite. A manhã avermelhou.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Um comentário

  1. OI MEU FILHO AINDA ESTOU MORRENDO DE SONO,NÃO CONSEGUIMOS DORMIR DEPOIS DOS TIROS,PRIMEIRO EU ACORDEI COM UM PULO E CHAMEI HUMBERTO, LOGO DEPOIS OS TIROS CORREMOS PRA PORTA É FICAMOS OLHANDO PELA FLECHINHA DA PORTA,NÃO DAVA PRA VER NADA SÓ OUVIMOS OS GRITOS DE SOCORRO SEM NADA PODER FAZER. TÁ DOIDO NEM EU NEM ELE PODÍAMOS AJUDAR,O MEDO ERA MAIOR QUE A PENA DA PESSOA FERIDA. BEIJOS MEU FILHO,HOJE IREMOS DORMIR EM PAZ. TUA MORENA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


sete × = 49

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>