tornozeleira na perna do outro é asa

tornozeleira na perna do outro é asa

sei e quem não tem uma na perna também sabe. tornozeleira na perna dos outros não tem nada de refresco.  é asa.   uma tornozeleira basta. duas equilibrariam o voo e o tornozelado (sic) bateria asas para um espaço onde não existisse o perigo das gaiolas. desde que não voem para o meu quintal,nada tenho contra os tornozeilados. nem vem que não tem! nesse os alçapões estão armados. estão faminto$. sei da fome dele$.  o “alpiste” dele$ é outro. sei. mas um dia cairão no alçapão. e se não for um desses que permanecem armados no meu quintal, dia e noite, será outro aberto pela justiça. vamos esperar.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 − três =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>