Um aquário muito estranho!

Um aquário muito estranho!

Um homem foi internado na semana passada no Hospital Universitário (HU) de Londrina com uma enguia do tipo Piramboia entalada em seu ânus e a qual já tinha feito um belo estrago dentro de seu sistema digestório. Então o rapaz foi submetido a uma cirurgia para a retirada da enguia, ai que começa a parte engraçada da história.

Um vídeo com cenas da cirurgia realizada no Hospital Universitário (HU) vazou na internet e nas redes sociais na tarde do último dia 30. O procedimento em questão era da retirada de um peixe do intestino de um homem que o havia introduzido no ânus. As imagens mostram o momento em que o peixe é retirado do abdômen e colocado envolto em um pano. O que chama a atenção, porém, é que na mesma sala várias pessoas aparecem portando aparelhos eletrônicos semelhantes a celulares com câmera. Uma mulher, inclusive, ri da situação enquanto grava a cena.

De acordo com a assessoria de imprensa da Universidade Estadual de Londrina (UEL), o procedimento foi realizado no dia 20 de abril e o homem já recebeu alta, informação desmentida por nós aqui do Juventude Presente, que confirmamos que o paciente ainda se encontra, no setor de enfermaria do hospital, em observação. Nádina Moreno, reitora da instituição, disse que assim que ficou sabendo que vídeos estariam circulando na internet por e-mails, já no dia 27 de abril, solicitou a abertura de uma portaria determinando a proibição de celulares dentro dos centros cirúrgicos e a investigação sobre o vazamento da filmagem feita sem autorização do paciente.

“É comum, em casos inusitados e diferentes, ocorrer a gravação do procedimento sem identificação do paciente, com finalidade pedagógica e discussão posterior. Mas isso é previamente combinado e autorizado”, diz a reitora. Como isso não aconteceu, a sindicância deve averiguar os responsáveis pela gravação, bem como a participação de cada um no caso. O processo vai verificar o envolvimento de todos presentes. “Estamos investigando independentemente de quem quer que seja: docente, funcionários, técnicos ou estudantes.”

A sindicância tem até 60 dias para ser concluída, mas a reitora quer a finalização o quanto antes. Várias pessoas já teriam sido convocadas a dar esclarecimentos, inclusive o médico responsável pela cirurgia. ”É lamentável que isso tenha ocorrido. É importante salientar que não estamos colocando a competência em discussão, até porque a cirurgia foi um sucesso. Mas fatos como esse não podem acontecer jamais”, disse. A punição, segundo ela, pode chegar a advertência, suspensão ou até mesmo demissão imediata.

O homem que enfiou a enguia no ânus, trabalha na empresa de Segurança e Vigilância FIEL, da cidade de Londrina. Ele não é um dos mais novos de firma, e já tem uma idade considerável.

Infelizmente após a cirurgia, Piramboia, que ficou sendo o peixe mais famoso de Londrina, foi sacrificada. Isso mesmo, ela foi sacrificada pois ainda se encontrava viva dentro do homem.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


+ 9 = dez

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>