Um pingo carregado de sabedoria de  Borgus Moskvitin

Um pingo carregado de sabedoria de Borgus Moskvitin

Segundo Fausto Wolff, por um bom tempo ele morou perto de Deus. Não estranhem. Explico. Deus era na verdade Adonai. Ou vice e versa. Ele, Adonai, assumiu ser Deus desde o dia em que leu nos classificados que estavam precisando de uma pessoa ´para o cargo. “Deus, precisa-se” leu nos classificados. Esse foi um dos “ensinamentos” que Deus ou Adonai deixou escrito para ele e Machadão (pouco a pouco vou explicando”), recebidos, pela vez dele, de  Borgus Moskvitin, habitante do planeta  Yolhesman:

Vocês gastam fortunas com bronzeadores, banhos de sol artificial, passam horas na praia para ficaram pretos e tratam os pretos e mulatos como  seres inferiores condenados a desvantagens econômicas e sociais”

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


+ cinco = 8

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>