UM SUICÍDIO DIGNO DE FIGURAR NO “FESTIVAL DE BESTEIRAS” DO STANISLAW!

UM SUICÍDIO DIGNO DE FIGURAR NO “FESTIVAL DE BESTEIRAS” DO STANISLAW!

Não assisto a programas policiais Nunca. Não tenho tempo para assistir ao desfile de corpos vitimados por balas perdidas e achadas.  E os repórteres, especialmente os daqui, contribuem ainda mais para que eu não os assista. São ruins? Não – são péssimos!

Agora mesmo, passando por um desses programas, esse o de Datena, passando e não assistindo, vejo uma matéria a respeito de um empresário paulista que foi encontrado algemado, capuz na cabeça e tinha um braço (ou pulso) quebrado.  A polícia parece que vai dar o caso por encerrado. Motivo: suicídio.

Riam. Também ri muito.  Uma história digna de entrar para o saudoso Febeapá do Stanislaw Ponte Preta, o Sérgio Porto. Ou melhor, acho que entrou antes mesmo de acontecer. Pois é, leiam essa contada pelo Stanislaw Ponte Preta, e imortalizada no seu Febeapá:

 “No Mato Grosso, aconteceu a morte de um desafeto do chefe político local. O delegado terminou seu relatório, com estas palavras: “A vítima foi encontrada às margens do Rio Sucuriu, retalhada em quatro pedaços, com os membros separados do tronco, dentro de um saco de aniagem, amarrado e atado a uma pesada pedra. Ao que tudo indica, parece afastada a hipótese de suicídio”.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


7 × três =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>