UMA CHARGE ARRETADA!

UMA CHARGE ARRETADA!

Sou o tipo que faz questão de falar o nome e um pouco da história do criador. Quem fez a charge? isso vem de muito longe. Mesmo sendo um aprendiz de compositor, com muitas composições em parceria com o excelente cantor e compositor e pessoa Gil de rosa, mais que um parceiro, irmão, fico doente, sem ser pelo coronavírus, disso Deus me guarde, quando uma delas sai por aí e os autores são esquecidos. Uns idiotas. Pronto, como diria o bom Quelyno, falei.

Esse aí, o chargista dessa excelente ideia e bons traços, esses comuns, não tenho como negar, se não cito o seu nome e um pouco de sua história neste plural espaço é porque dele nada consegui saber. Nem o nome.Sobre a charge, a ideia é melhor do que os traços. Excelente! Um dia a pergunta ainda vai viralizar (serei direto sobre esse transitivo: feio e muito), como se diz por aí e eu não gosto de dizer. Posso dizer outra vez?  Ideia excelente. Uma charge  que merece ser “mais pensado do que sorrido”.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


6 + = catorze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>