voltando sempre inteiro!

voltando sempre inteiro!

“Quanto mais me enlevo, menos apareço aos olhos de quem não sabe voar”! De quem é?  Não poderia ser de outro – Nietsche!

Mas confesso que não amanheci assim com esse espírito nietscheniano dia um tanto nublado, com o sol descansando para chegar mais forte, mais brilhante, mais sol do que nunca! Amanheci pensando em Cecilia Meireles. Mas nada a ver – nem tanto – com aquele seu sentimento lírico e sofrido. Especialmente sofrido. Acho. Ainda cambaleando com a falta de uma boa dormida, como às vezes acontece com todo mundo, coisa rara comigo, acreditem, amanheci pensando nas lições de vida dessa carioca e poetisa da alma do povo brasileiro.

- “Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira”.

 Bonito, não? Acho a frase arretado! Foi assim que amanheci.

Pronto. Saio do divã.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× um = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>