William Medeiros : Caricaturas e Boas Ideias em Ótimos Traços!
teste teste

William Medeiros : Caricaturas e Boas Ideias em Ótimos Traços!

 

 

Faz tempo que acompanho o trabalho do campinense William Medeiros. A sua arte vem de longe. Desde os 15 anos que ele  vem “fazendo arte” como quem está brincando.  Sem brincadeira. Um artista em constante estado de bom humor. A arte da caricatura tem nele o seu limite. Muitas de suas caricaturas foram premiadas nos mais disputados “salões de humor” do Verde-amarelo. Ah, suas capas da revista “Brasília em Dia”, sem esse S, são merecedoras de “Quadros na Parede”.

 Entre os muitos bons artistas que fazem dessa arte o pão deles de cada dia, espalhando os olhos pelos traços e ideias dos muitos caricaturados do verde-amarelo, de Nássara aos Irmãos Caruso, esse três – Chico, Paulo e Nássara – excelentes artistas do “Grupo de Risco”, sem dúvidas o nosso William está no pódio nessa disputa. Não há disputa? Tudo bem. Mas se disputa houvesse, repito, Wiliam Medeiros não ficaria fora desse pódio.

 Os traços de William saem com uma facilidade – esse é um dos objetivos de todo bom artista, fazer o difícil parecer fácil – comovente. As suas ideias são aquelas que todo artista do meio – também podem ser do fim – gostariam de ter. Todos veem, sorriem e admiravam o que os olhos viram.  O seu – dele – olhar traduzindo e desenhando o bom-humor das coisas e de nossa gente é diferenciado. Ele consegue ver o que muitos não veem.

 Mas o campinense William não é bom apenas na arte de exagerar com o seu bom humor as características de uma pessoa. Ele faz mais. Além de capturar com perfeição os gestos, vícios e hábitos  do caricaturado, William também é chargista e cartunista. Nunca esquecer: nem sempre o bom caricaturista, como é o caso dele, também é um artista na arte de fazer  outros rirem com o seu – dele ainda – sorriso desenhado. E as suas ideias, mesmo quando “pensadas” antes  por outros, tem a sua marca característica.

 Millôr Fernandes trocou de roupa e foi morar noutra cidade sem conseguir, como fazia questão de espalhar por aí, encontrar um estilo para a sua escrita e o seu mágico bom humor. Tentou e tentou e tentou, mas ficou apenas na tentação. Não passou disso. Desistiu. Foi embora sem conseguir. Eraum “escritor sem estilo.”.

 No caso do William Medeiros, mesmo que não queira, o seu estilo também é único. Embora sintonizado com o seu tempo, utilizando no seu trabalho as técnicas mais modernas, ele nunca deixa que elas interfiram no seu estilo, no traço limpo, no olhar diferente de seus personagens, seja esse  na caricatura, cartum ou charge. As Expressões dos personagens de William fazem rir o mais sério dos homens. Mesmo que seja o “Homem Sério” que contava dinheiro enquanto a Banda do Chico Buarque passava.

Ele, William, não somente capta com a sua caricatura o “sujeito deformado ” pelo lado de fora. Ele vai além. As suas caricaturas são capazes também  de “entregar” tudo o que o sujeito esconde por dentro. Sem dúvidas, William, como artista, especialmente como artista, consegue ver o que os outros não veem no modelo de suas charges ou caricaturas. É um artista do “Grupo de Risco” que não tem medo de arriscar. Tá tudo na cara e na “alma” de seus caricaturados e “bonequinhos” cheios de humor.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

3 comentários

  1. Meu nobre amigo Humberto. Profundamente honrado, agradeço imensamente por suas palavras, mesmo ciente de que não mereço tanto. Mas já lhe adianto que tomei para mim esse texto para publicá-lo em meu site. Um grande abraço.
    William Medeiros

    • Humberto

      ora, meu amigo, não costumo atirar palavras ao vento, apesar da condição assumida de “malabarista de palavras”. és, sem dúvida, um putartista nesse campo! um dos melhores desse engraçado país verde-amarelo! estejas à vontade! putabraço!

    • Humberto

      ora, meu amigo, não costumo atirar palavras ao vento, apesar da condição assumida de “malabarista de palavras”. és, sem dúvida, um putartista nesse campo! um dos melhores desse engraçado país verde-amarelo! estejas à vontade! putabraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


7 + = onze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>