ZUMBA dos PIRATAS DE JAGUARIBE

ZUMBA dos PIRATAS DE JAGUARIBE

Nada de falar nos Piratas do meu bairro Jaguaribe. Apenas. Nada também de dizer que os Piratas do meu Jaguaribe é um Clube de frevo que “desenvolve atividades que visam valorizar a cultura e a arte do bairro pessoense”.  Falaram.  E deveria ser assim. Mas não é. O Clube Piratas de Jaguaribe somente é lembrado na folia do Carnaval. Infelizmente. 

Sou de Jaguaribe. Muitos sabem.  Nasci nesse bairro e  mesmo não morando mais nele, dele  nunca sai.  Toda a minha vida – pais e irmãos também – passei e vivi nesse bairro. Sou da vila. Uma vila que para este MB é mais bonita e mais poética que a do Noel Rosa. A  Vila Isabel. A minha Vila é a dos Motoristas.  Modéstia à parte, nasci na Vila. Rua doze de outubro, número novecentos e cinquenta.

 Lendo por aí descobri que o mais famoso e charmoso bloco carnavalesco do meu bairro foi fundado em 05 de fevereiro de 1930. O meu pai Compadre Heráclito nasceu no ano de mil e novecentos. Fazendo as contas o meu “pirata” favorito estava com trinta anos no ano em que o Piratas  NASCEU. Pausa. O singular se refere ao Clube. Ou seja: o Clube Piratas de Jaguaribe NASCEU em 1930.

Não sei quem foi o seu – do Clube – primeiro presidente. Mas num dia não muito distante ouvi o seu nome falado. Foi  na Floriano Peixoto, rua do meu bairro Jaguaribe, onde se localizava – ainda existe? –  a sede do clube. O presidente era o xará e também “operador de direito” Humberto Martins. Durante toda essa minha vida não lá muito carnavalesca a cara “cagada e cuspida” (sic) do Clube Piratas de Jaguaribe foi o Zumba. E continua sendo.

Até esses dias de carnavais sem cheiro e sem gosto não se pode falar em Piratas sem lembrar que Zumba é o” Capitão” desse navio.  Sempre será.  Vi nesta vida – não acredito em outra – muita gente chamando Edivaldo de Lacerda Lima (o seu nome de batismo) de “Zumba Pirata”. Assim mesmo: Zumba como prenome e Pirata nome. Zumba não era “apenas” sinônimo de carnaval para este MB.  Ia além, Muito. O carnaval de Jaguaribe era Zumba e Zumba o carnaval do país. Não estranhem. Não acredito em carnavalescos maiores do que ele.

Mas além do bom e inesquecível zumba, tivemos outros maravilhosos carnavalescos. verdadeiros. Esses que tinham cheiro de carnaval. Nascidos e criados em nosso carnaval de Jaguaribe. Pois bem. Pouco a pouco os revelarei. Uns muito conhecido de todos e outros muito conhecidos meus. Esses – em especial – são inesquecíveis.  Zumba é um desses. O  nosso Eterno Pirata de Jaguaribe.

Em tempo: bem que gostaria de ilustrar estas mal-traçadas com a foto de Zumba.  Disse que gostaria e acrescento o “muito”.  Mas, infelizmente, uma só foto desse eterno Pirata não encontrei neste espaço internético.  Assim, aproveitando o este mesmo espaço,  peço aos amigos meus e especialmente do Zumba que, se uma foto dele tiverem, favor encaminhar para este MB.

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× 2 = catorze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>