‘Elis para produzir seu espetáculo FALSO BRILHANTE numa época sem incentivos culturais do governo, vendeu todos os imóveis que tinha. Um salto no escuro, pois para dar o retorno financeiro teria que passar das 110 apresentações. Foi um sucesso absoluto de público e crítica, ficando de dezembro de 1975 à Janeiro de 1977 em cartaz. O projeto dela era correr o Brasil, mas o sucesso foi tamanho que não saiu do Teatro Bandeirantes em São Paulo. O mesmo Teatro em que começou sua carreira. O mesmo Teatro em que seu corpo seria velado’

Falso Brilhante

#EuAmoElisRegina #FalsoBrilhante

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


sete − 1 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>