Arquivos Mensais: abril 2021

saudades do “louco” e maldito walter franco

“Tudo é uma questão de manter a mente quieta a espinha ereta e o coração tranquilo “. Muitos me perguntarão, ” E daí, 1berto? Somente os loucos são capazes de entender um “louco” desse!”. E receberão  de mim o meu (claro, se é de mim, 1berto, é teu, ou melhor, meu!) costumeiro e respeitoso silêncio diante de perguntas assim. Ouvi durante muitos anos ... Leia Mais »

no DIA DO LIVRO, um gosto que é um desgosto só!

HUMBERTO CAMINHADA GOSTAR DE LER BOA

a pracinha fica ali. bem pertinho. um pulo. nas manhãs ela recebe os meius pés em caminhda. nem todas. serei sincero. a foto primeira ai de cima, abrindo estas mal-traçadas minhas,  foi uma inspiração para os muitos passantes. especialmente aqueles que gostam de ler. não importa. sejam esses leitores de paulo coelho ou  não. ler faz bem. leiam! mesmo bula ... Leia Mais »

drummond, o sentimento do mundo dele, e este sentimental sujeito!

drummond e eu no rio PICASA

Eu plural: confesso que ainda pensei em deixar algumas mal-traçadas aí ao lado sobre essa bela e inesquecível lembrança do poeta em estátua. pensei. mas por mais que eu dissesse, considerando que quase sempre diante de algumas situações  não consigo dizer nada, diria muito pouco. lembro apenas dizer um dia que um dia ao lado desse poeta em estátua estaria. ... Leia Mais »

o tempo passa e nós voamos com ele!

humberto-braços-abertos-rio-300x137

O tempo passa e a gente voa. Nesse voar vamos aprendendo a trocar as penas. Umas porque molhadas, nos atrapalham o voo. Outras porque o tempo de penas velhas passou. Vou em busca de outros ares. Voar em busca de si mesmo. E assim voando e trocando as penas vez em quando, a gente acaba pensado ser mesmo um pássaro.  Os ... Leia Mais »

Livardo chuva

FB_IMG_1618557525665

o poeta não se molha. chove na praça. o poeta vê a chuva. apenas. não tem medo da chuva o poeta. a roupa do poeta é a prova d’água. é feita de bronze. a poesia do poeta nao se enferruja com a água. ela mora dentro do poeta. ali o centro. ele está fora do eixo. ninguém passa pelo centro. ... Leia Mais »

Na palma da manhã… Um

FB_IMG_1618557373770

não conheço o mundo como a palma da minha mão. não conheço a palma da minha mão. não leio mãos. nem a minha. um botão de rosa na palma da mão. a minha. um botão que logo irá se abrir em rosa. virar rosa. a vida da rosa é passageira. de todos que vida tem.o botão . a rosa ainda ... Leia Mais »