A PÁTRIA DE ANCO MÁRCIO

A PÁTRIA DE ANCO MÁRCIO

(Por Anco Márcio – em 06/09/2005 às 12h55)

PATRIA QUATRO CAPA MELHOR

Hoje, sete de Setembro, se comemora o Dia da Pátria. Essas palavras já soaram menos estranhas aos meus ouvidos. Pátria? Como chamar de minha pátria um lugar, um país de tantos políticos corruptos? Um país onde homens públicos roubam impunemente?  Onde a prostituição infantil campeia? Onde se morre de fome?

Pátria? Como chamar de pátria minha o país de Fernandinho Beira-mar, de Roberto Jefferson, de tantos e tantos estupradores, de tantos e tantos assassinos, de tanta e tanta gente desempregada esmolando em cada esquina, de tantas e tantas meninas que vendem o corpo esquálido para não morrer de fome pelas ruas?

Pátria? Como cantar para essa terra, como desfilar por essa terra de mensalinhos e mensalões onde se compra voto, onde os grandes criminosos vivem soltos e os pequenos delinquentes mofam na cadeia, por não terem quem os defenda?PATRIA UM

Pátria? Como chamar de pátria um país onde a pornografia campeia solta na Internet e ali está para crianças de dez, oito, nove anos?  Como chamar de pátria minha um lugar onde alguns políticos nomeiam toda a família em troca de gordos salários, onde matar já virou quase diversão?

Pátria? Mas pátria como, se existem bordéis de menores, se ninguém controla os preços, se os doentes não têm assistência, se existem corruptos e corruptas por toda parte?  Não… Me enganaram…Essa com certeza não é a terra que quero para pátria, muito menos amada, idolatrada, salve, salve!

Esse pode ser o país de quem quiser, mas não é com certeza o meu país…

EM TEMPO: O “sem pátria amada” Anco Márcio trocou de roupa e se mudou para oura cidade no dia 21 de junho de 2013. Nada levou. Afinal, do mundo nada se leva, repetia – muitos  sabiam – o bom e muito bom Frank Capra, no distante ano de 1938. Mas, sem nenhuma dúvida, Anco deixou muita coisa boa e algumas ótimas. Entre essas a sua sincera indignação diante das sacanagens cometidas por nossos políticos e homens de bens… roubados desse povo fugido – sempre – e mal pago.  Meu saudoso amigo tinha e continuas tendo razão. Esse pode ser o pais de quem quiser, mas não é com certeza O NOSSO país.

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


dois × = 14

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>