e se por acaso a lua cair no meu quintal ?

e se por acaso a lua cair no meu quintal ?

T – todas essas pessoas que atravancam o nosso caminho –  falo em nome de todos meus e seus – passarão. e nem imagino ser passarinho. nem essas pessoas minhas também. essas nem verão os pássaros que passarão sobre as suas cabeças vazias.

e o vazio? tão lembrados daquela frase que falam  por aí ter sido dita pelo goebbels? não conhecem o joseph? o “bom” (arg.!) ministro da propaganda do não menos péssimo adolph hitler? pois, pois.  essa velha conhecida frase é colocada em prática por aqui: “quando ouço falar em cultura, puxo logo o meu revólver”.

os meus e nossos nada têm a ver nem  ouvir com isso. todos bons. humildes. mas nunca porém se humilham. sabem  o valor que têm. sei o valor que dou a eles.  merecem.  se tergiverso ainda? ainda.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


6 × = quarenta oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>