esses filósofos de muros!

esses filósofos de muros!

SOU FÃ…

dessas “filosofias de rua”. Também não desprezo aquelas de banheiro. Vocês sabem: “triste fado, triste sina, ser poeta de latrina!”. Tipo assim. Uma filosofia “visceral”!

Essa encontrada no muro da cidade é algo assim muito maior. Filósofos de rua!  Faz bem encontrá-los pelas ruas,  parques e praças de nossa  cidade. Ah, e nos muros, principalmente nesses.

Pois é. Nunca deixarei de ser 1berto ou humberto para ser um sósia ou uma cópia dele registrada em  muro ou fora dele.

Em tempo: O colchão ainda guarda o calor do corpo ,e o  travesseiro o lugar onde a cabeça  passou a noite grávida de sonhos.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


3 × oito =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>