nada de festa: mãe só temuma!

1berto – sou um sujeito curioso por natureza. não passa um só dia sem que esses olhos curiosos não saiam por aí “curiando” para matar a sua – deles – fome de curiosidade. essa aí apareceu agorinha. se achei interessante? não. triste. mãe é mãe entre a gente e , sem nenhum espanto, entre eles. li uma vez, olhei a cara da mãe e pensei: quem seria capaz de agir dessa forma não sendo a mãe? embora muitas mães hoje estejam mais para madrastas  e madrastas que nunca agiram como mães. leiam e pensem comigo: ser mãe é “apenas” padecer no paraíso ou entregar-se de corpo e alma para que o paraíso os seus filhos encontrem e nele vivam? – de almeida.

Observe a foto abaixo:

Bem…

As chitas estavam perseguindo uma mãe antílope e os seus 2 filhos.

A mãe poderia facilmente ter ultrapassado as chitas, mas em vez disso, ela ofereceu-se às chitas para que as crianças pudessem correr em segurança.

Essa foto é angustiante de certa forma:

A mãe antílope é vista olhando para seus bebês correndo em segurança enquanto ela está prestes a ser rasgada em pedaços.

Moral:

Nunca se esqueça dos seus pais, você não faz ideia de quanto sacrifícios eles fizeram para você estar onde você está agora.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


um + 7 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>