Nunca me preocupei se depois que trocar de roupa irei morar noutra cidade…

Nunca me preocupei se depois que trocar de roupa irei morar noutra cidade…

Nunca me preocupei se depois que trocar de roupa irei morar noutra cidade ou ficar por aqui brincando de esconde-esconde com outros que também se perderam nessa viagem de volta. Nunca acreditei que a roupa fica por aqui para que os vermes matem a  sua – deles –  sede de carne e esse espírito em que não acredito e que mesmo não se sendo sólido não se desmanche no ar.

Hoje, porém, sem medo de ser feliz ou de querer viver eternamente sem que para isso seja preciso morrer, pergunto a vocês: de volta mesmo pra onde? Depois que a gente pega o chapéu no cabide do tempo e paga a conta no bar da esquina volta mesmo pra onde ? Há um  ventre  nos esperando para nos expulsar à luz de novo ?

Sou um tipo que nunca teve dúvida de que o melhor lugar neste mundo de “meu Deus”, como assim o chamava minha mãe dona Chiquinha, é aqui e agora. Depois… Depois… Depois… Ora, depois o quê mesmo? A próxima parada fica do outro do espelho ou passamos a ser passageiros de um trem sem destino

Desde o dia em que foi embora a minha mãe e que por isso mesmo não chora mais em “ai”, e o meu pai que também se fora sem em “ui” nunca ter chorado recrudesceu a preocupação entre os “cheios de fé” com a volta ao lugar da partida. O mundo continua pensando nela., nessa partida.  Eu, porém, morando ainda por aqui nela nunca penso.   Vivo ainda curtindo  a minha chegada.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

2 comentários

  1. Lamento e respeito. Este teu espírito materialista, lamentavelmente, se aflora mais a cada dia. Que Deus ilumine tua mente! Ou, por outro lado, não estou entendendo tuas mensagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


seis × = 18

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>