o que mudaria em sua vida se ela “agendasse” hora e dia para o do seu whatsapp ?

o que mudaria em sua vida se ela “agendasse” hora e dia para o do seu whatsapp ?

Ática (esse é o seu nome) vive num mundo somente dela. Tudo que nele acontece, seja um pôr do sol mais bonito ou um dia de chuva como acontece agora, somente ela sabe a hora de estender o corpo sob esse sol e  usar a sombrinha como proteção do corpo frágil que lhe carrega a alma.

A mãe e irmãos têm lá o mundo deles. Respeita ambos: eles e o mundo deles.  Sabe que passou um bom tempo vivendo num mundo que nada tinha para lhe oferecer além do mal-estar da ressaca no outro dia e o esquecimento.

Desgosto, desilusão, tédio. Parecia não haver remédio (rima, apenas). A vida não era essa que ela queria. Não queria a vida desse jeito.  Mas, se assim foi, nem aí se um dia ela voltaria  Quem? Ora bolas! A vida que se foi.

Ática está mais para inocente que ignorante. Tudo bem que ignore o que acontece fora do seu mundo.  Essa, porém, não é uma escolha. É  uma condição. A mãe e irmãos sabem que passou um tempo sem rg e cpf. Essa foi uma escolha sua. Tinha ambos, mas fazia questão de negar que os tinha.

Para que lhe serviriam, afinal, se ela não passava, assim como muitos com rg e cpf,  de mais uma na multidão? Apenas. Entretanto, se  não era uma pessoa, um ser humano, por mais que não quisessem,  nunca deixará  de ser. Mas ali, no IBGE,  não passava de  um  número, uma estatística.

Nos últimos meses –  seis, por aí –  ela mudou.  O melhor nessa mudança é que dessa vez foi  para melhor. Se abriu os olhos? Não! Esses continuam fechados para um mundo que não é o seu.  Dessa vez, porém, a lucidez fez as pazes com ela. Deu-lh mais uma oportunidade.  Se vai ser apenas mais uma na multidão ?  Tudo bem.  Mas agora sabe porque está sendo. 

wats um

WhatsApp?! O que é isso?! Foi sua pergunta à irmã. Era como se estivesse há décadas vivendo a bela adormecida numa época em que um olho e apenas um não se pode fechar. Viver é perigoso! Ela sabe disso. Pois já provou dos perigos desta vida.

Agendar o dia em que o ser começou a ter consciência de sua existência nesse mundo que por muito tempo não foi o seu? Agendar?!  Isso mesmo.  Mas assim como WhatsApp essa palavrinha  (expressão?) feia está fora de sua… agenda!  O que seria “agendar”? Em síntese: ela não faz planos para o amanhã. O seu futuro é hoje e o melhor lugar do mundo continua sendo aqui e agora.

Às vezes chego até a pensar que Ática  tem toda a razão que falta àqueles que esquecem o próprio mundo para lembrar o mundo dos outros. Esse do lado de fora dela.  Mas em que mudará sua vida sabendo o que vem a ser essa palavra feia – WhatsApp –  usada pelos que sabem das coisas do mundo e com ela se preocupam?

Há muito que aprendi o que essa palavra feia – muitos continuam não sabendo – significa. Isto: significa. Porém, tenham a certeza de que em nada mudei como pessoa, como sujeito que se orgulha e muito de seus – meus – predicados. Modéstia à parte? Dispenso os elogios. Prefiro o respeito.

wat tres

 Ah, e ela também!

[/checklist]

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× 8 = cinquenta seis

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>