o ultimato da rússia

o ultimato da rússia

A Rússia insistiu neste domingo (20) para que as forças ucranianas abandonem a cidade de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, antes do meio-dia (horário local, cinco horas a mais do que o de Brasília) desta segunda-feira. O governo ucraniano, porém, rejeitou o ultimato.
“Nesse caso, a saída organizada da cidade será efetuada da seguinte forma: das 10h às 12h todas as unidades armadas ucranianas e mercenários estrangeiros sem armas e munições (poderão deixar a cidade) através de uma rota acordada com a Ucrânia”, disse Mikhail Mizintsev, chefe do Centro de Controle de Defesa Nacional da Rússia.

Mizintsev acusou “nacionalistas” ucranianos de semear o “caos” e o “terror” em Mariupol e causar uma grave catástrofe humanitária na cidade. Não foi informado que tipo de consequência haverá caso a cidade não seja entregue aos russos.

O comandante militar comentou que as forças russas não utilizaram armas pesadas na cidade, nem as milícias pró-russas de Donetsk que combatem ao lado do exército russo. Além disso, assegurou que as forças ucranianas que abandonarem as armas poderão deixar Mariupol “em segurança e sem perigo para as suas vidas”.
Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/russia-ultimato-ucrania-entregar-mariupol/
Copyright © 2022, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− 3 = cinco

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>