UM DIA DE DOMINGO SERÁ SEMPRE UM BELO E MUSICAL DIA!

Uma vez falei que os compositores Michael Sullivan e Paulo Massadas sabiam como poucos – pouquíssimos – compor músicas para fazer sucesso. Afinal, eles tomaram conta – assim mesmo – de quase toda a década de 80.

Uns torceram os rostos. Eram bregas, diziam. E daí, perguntei certa vez, quem não é brega neste brega país? Todos são bregas ou tem momentos do mais puro breguismo!

Assim também acontece com os nossos melhores compositores populares. Tom Jobim, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Edu Lobo… Todos, sem esse S, são ou foram bregas em alguns momentos de suas vidas ou eternamente bregas.

Um Dia de Domingo é uma dessas belezas bregas que ainda hoje a gente escuta com ar de apaixonado. Um domingo para conversar, espalhar palavras no ar, dividir silêncio, soltar as amarras do sorriso preso ao medo de parecer ridículo…,

Contar histórias de fadas e maçãs envenenadas, chutar poças d’água da chuva, mastigar uma folhinha de hortelã, caminhar de olhos fechados por caminhos desconhecidos, ver figuras no céu feitas de nuvens, tomar banho de piscina…

Ah, Um Dia de Domingo assim vale por todos os anos de uma vida sem assobiar a sua música preferida!

Eu, particularmente, com o Tim Maia interpretando-a sozinha, preferencialmente, estou sempre ouvindo esse “brega”, seja num dia de domingo como hoje, ou numa segunda-feira! Pouco importa o dia para ser ouvir uma música colorida como essa! Ah, olhem para o céu! Veja – apenas veja – que  azul indescritível!

Hoje, sem pedido de desculpas e sem medo de ser feliz, amanheço ouvindo e vivendo esse Domingo com Tim Maia! Uma beleza! A letra e a  melodia se casam de tal modo que não existe um só coração magoado ou não, cheio de saudades ou não que consiga separá-las!

Ouçam e vivam o Domingo como se esse fosse a sua melhor segunda-feira! Assim eu farei!  Assim estou fazendo! Ah, quase me esquecia, mesmo sem muita importância, que Um Dia de Domingo é de 1985! Fizeram as contas? Pois é: são 30 anos que parecem estar começando agora!

Em tempo: só para não dizer que a dupla não era ótima em saber como fazer sucessos, segue uma “listinha” dos sucessos que eles fizeram: “Me dê Motivo “É de Chocolate” (Clube da Criança), “Uni-Duni-Tê (Trem da Alegria), “Nem Morta” (Alcione), “Leva” (Tim Maia), “Whisky a Go-Go” (Roupa Nova), “Amanhã Talvez” (Joanna), “Deslizes” (Fagner), “Lua de Cristal” (Xuxa), “Amor Perfeito” (Roberto Carlos)…

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


8 + = nove

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>