Arquivos do Autor: Humberto

divido os meus parabéns com vocês!

bolo-picasa

Hoje, assim como acontece com todos os que aniversariam, começa um novo ano para este Malabarista de Palavras. Nenhuma novidade. Acreditem. Tudo muito natural. Acostumado que fiquei a aniversariar todo ano, fiz o meu calendário particular: aniversario todos os dias!  Mas passará rápido. Se algumas manhãs demoram a passar como se anos fossem, outras gostosas e boas passam rápidas como ... Leia Mais »

Esses sonoros e belos títulos do Lobo Fausto!

images (40)

Anoiteci com títulos na cabeça.   Barão, duque, visconde, conde? Não?  Títulos de livros. Os mais bonitos na minha plural opinião.  Nesse exato instante  alguns estão diante destes olhos curiosos.  Outros, muitos, apenas na imaginação. Melhor: na memória.  Disse outro dia e agora repito: existem títulos de livros melhores que os próprios. Algumas histórias nesses contadas  não valem o título. Falo em ... Leia Mais »

Salve 10 de Outubro, salve Dapenha! O Aniversariante do dia!

dapenha olhando o mar

Parece que foi ontem!   O lugar é comum. Sei. Mas não sou o tipo de fugir do lugar comum para tentar ser/parecer diferente. Os anos passam, o tempo voa e a nossa irmandade continua muito boa!  Nenhuma descoberta em descobrir que os anos passam! Mas, apesar de passageiros, seremos sempre nós a passar por ele. Ah, como sabemos disso! ... Leia Mais »

ária, arianismo e o ariano suassuna

lauro humberto e paulo boa muito ariano

ano novo, sala nova. novos colegas e pensamentos novos. ela me fala que a vontade sempre teve. porém – eu acrescento “ai porém”, lembrando o belo samba do paulinho da viola – nunca frequentou uma universidade.  nada demais. seria bom.  respondo. mas a vida também acontece por aqui. e nem é preciso ter lenço e documento. seria bom. repito.  ela ... Leia Mais »

E assim se passaram 13 anos tabelando com Anco Márcio!

O ATOR Anco Márcio nos seus melhores dias... Ó tempos!

EU PLURAL: negócio seguinte. durante essa fase coronária – do corona, do corona – resolvi mexer em alguns dos muitos alfarrábios meus escritos em parceria com o bom e saudoso amigo anco márcio. foram muitos anos. e, para a o inesperado da surpresa deste MB, constatei que havia um “monte” de histórias por nós dois contadas, todas escritas, claro, que ... Leia Mais »

Poema (ou tentativa) para a tua alma feminina…

maria rosa

Estás distante porque eu sou a distância E purgo-me disso todas às vezes de sofrer teu nome, tua face. Meu desespero enterra-se na praia onde, altas horas da manhã, vens tomar sol e molhar os cabelos. Estás distante, como a minha ira está de devorar a si mesma. Estás distante, como a minha angústia de compreender suas razões. Estás distante. ... Leia Mais »

POEMA DO VELHO – Anco Márcio

anco marcio velho

Eu plural: mexendo em algumas de nossas lembranças escritas, nesse caso as  minhas e do meu bom e saudoso amigo anco márcio, eis que me deparei com esse poema que ele sempre com a  cabeça muito jovem fez para o velho que nesse dia ele descobriu nele. dia 1 de outubro foi o dia do idoso. pausa. hoje eu sou ... Leia Mais »

está certo, mario ? passará, passarinho ou passarão ?

images (19)

# – a propósito do passará ou passarão, o meu bom irmão Paulo de Almeida, mesmo não sendo lá muito amigo do estudo da palaivra escrita, mas inteligente e curioso, perguntou-me outro dia o porquê, segundo Mateus e primeiro Ele, do Filho dizer essa frase “no singular”. Não seria “Passarão o céu e a terra…?”. # -Mesmo sabendo que o ... Leia Mais »

adeus face ou no limite do cidadão kane

InShot_20210928_110009096

#- faz um bom empo que deixei de lado – do outro fica o controle do televisor – as minhas postagens no facebook.  Não estou fazendo falta. Disso eu tenho consciência. Por isso  mesmo ali s[o  estarei quando não tiver nada para dizer/escrever. Pausa. Mas, por favor, se ali estarei somente nessas condições, deveria estar todo momento, não? # – ... Leia Mais »