Plutão frio    

Plutão frio    

Astrônomos encontram resposta para temperaturas extremamente baixas que contradizem completamente com todas as teorias preliminares

Um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia, EUA, desenvolveu uma nova teoria que explica as medidas realizadas pela nave espacial da NASA New Horizons em 2015, sobre as peculiaridades das temperaturas encontradas em Plutão.

O estudo, publicado na revista Nature, especifica que a causa do frio de Plutão, são as partículas de hidrocarbonetos que criam neblinas na atmosfera do planeta. Estas neblinas resultam de reações químicas nas camadas mais elevadas da sua atmosfera, onde a radiação ultravioleta do sol afeta o nitrogênio e metano.

“Desde que recebemos os primeiros dados sobre temperatura (de Plutão), através da nave New Horizons, isso tem sido um mistério”, explica o líder da investigação, Xi Zhang.

De acordo com os cientistas, estas partículas emitem radiação infravermelha que expulsa energia ao espaço, o que provoca o esfriamento da atmosfera.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


sete + = 15

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>