Música e literatura marcam etapa do projeto MusiSesc

Música e literatura marcam etapa do projeto MusiSesc

 

 

No dia 28 de novembro, o Sesc Paraíba realiza etapa especial do projeto MusiSesc, com o lançamento do livro “O que me restou do silêncio…” do escritor pessoensse Humberto de Almeida e a apresentação musical de Gil de Rosa. As atividades tem início às 19h no CTL – Sesc Cabo Branco, localizado na Avenida Cabo Branco, n° 2788, João Pessoa e a entrada é gratuita.

“O que me restou do silêncio…” é um conjunto de crônicas na área de cultura e do cotidiano popular publicadas por Humberto de Almeida no Rio de Janeiro e na Paraíba, sendo composto em grande parte por inéditas. O título está inspirado nos anos em que o autor ficou sem escrever, afastado da imprensa popular. O livro tem ilustrações do artista plástico e poeta Francci Lunguinho e apresentação do poeta e escritor Políbio Alves, do jornalista Sebastião Lucena e do compositor Gil de Rosa.

Gil de Rosa fará uma apresentação pautada em músicas autorais do seu mais recente trabalho, chamado “Flor-estrela e Borboleta” que foi lançado no teatro Ednaldo do Egypto, em João Pessoa dentro das atividades integrantes da Mostra Sesc de Música Paraibana 2013.

O projeto MusiSesc tem o objetivo de promover e incentivar a produção musical, além de descobrir e valorizar os novos talentos do cenário artístico do estado, sendo o Sesc um dos principais incentivadores da produção musical paraibana, fazendo parte do calendário cultural e artístico da cidade. Uma característica marcante do projeto é a integração entre as mais diferentes áreas culturais, como música, artes visuais e literatura.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3208-3194. O Sesc Centro João Pessoa está localizado na Rua Desembargador Souto Maior, 281, Centro.

 

Os artistas

 

HUMBERTO DE ALMEIDA

 

DAVID E FOTO PARA O LIVRO DE HUMBERTO DE ALMEIDA (CONTRACAPA) dois

 

Humberto Almeida, filho de Heráclito de Almeida, conhecido nesse bairro como “Compadre Heráclito”, clarinetista, e Dona Chiquinha, que lhe ensinou a comer flores nos primeiros dias de nascido. Escreve desde a mais tenra idade. Publicou os seus primeiros artigos/crônicas ainda no velho Jornal A União, aos 15 anos, escola de muitos jornalistas parahybanos. Escreveu por aqui e em alhures. Dividiu jornais e espaços com Anco Marcio e outros, esse, porém, considerado por ele o melhor texto de humor já nascido por estas plagas um tanto sem graça. Foi colunista dos mais diversos jornais da Província das Acácias, como ele chama a capital da Parahyba, como O Momento, A União, Correio da Paraíba, e escreveu por muitos e gotosos anos no “crônicas cariocas”. É parceiro musical de Gil de Rosa e outros artistas parahybanos, mas, com esse parceiro assíduo, participando inclusive de vários festivais por aqui e em alhures. Formado em Direito e Administração de Empresas tem mais dois livros escritos, um sobre causo e coisas e pessoas, do seu bairro Jaguaribe – Jaguaribe, Estante de Sentimentos. O outro vem com artigos publicados no Rio de Janeiro. Atualmente é titular do Blog Eu Plural (humbertodealmeida.com.br).

 

 

GIL DE ROSA

 

gil de rosa  MUSISESC sozinho

A carreira musical de Gil de Rosa teve início nos anos 70 como cantor e compositor do Grupo Ave Viola, junto com Dida Fialho, Firmino, Paulo e José Carlos dos Santos. Pelo Ave Viola, vários shows e a gravação de um compacto simples com a participações de Zé Ramalho e Pedro Osmar. Após sua transferência para S. Paulo, formou um novo grupo musical juntamente com Marta Nascimento (sua esposa) e o paulista Américo Ereno, a banda Tribo Terra em 1987. Pela Tribo Terra realizou muitos shows pelo estado de S. Paulo e participações em diversos festivais de músicas pelo país. Suas composições solo e em parcerias foram classificadas em vários festivais importantes do Brasil, tais como, Festival da Música Popular Brasileira da Rede Globo 2000 (com a música O Vaqueiro e o Violeiro, dividindo o palco com o grande Dominguinhos), Fampop de Avaré (com a música A Fábula dos Lobos. Jerebas e Guebas num Galope a Beira Mal), Festival Viola de Todos os Cantos com a música Essa Negra, Festival Nacional da Canção – Minas Gerais com a música Esse Anjo Serafim, entre outros. O seu mais recente CD, chamado Flor-estrela e Borboleta foi lançado em João Pessoa no evento Mostra SESC de Música Paraibana em outubro de 2013, também de músicas autorais. Seus parceiros musicais são Américo Ereno, Marta Nascimento, Paula Veloso, Dida Fialho e Cláudio Santa Cruz  e o jornalista, escritor e letrista Humberto de Almeida em muitas canções.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


nove × 4 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>