Fugindo pelo esgoto

Fugindo pelo esgoto

Carceragem abrigava 166 presos no momento da fuga, sendo que tem capacidade para 40

Trinta presos do 11º Distrito Policial de Curitiba, na Cidade Industrial, fugiram na madrugada desta segunda-feira (18) por meio de um túnel cavado por eles pela rede de esgoto. Segundo a Polícia Civil, até o momento, apenas um foi recapturado.

Como conta o ‘G1′, o buraco foi feito por meio de um vaso sanitário da carceragem, que abrigava 166 presos no momento da fuga, sendo que tem capacidade para 40. A abertura já está sendo concretada.

A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), a direção da Polícia Civil e do Departamento de Execução Penal (Depen) disseram estar cientes da superlotação nas carceragens das delegacias do estado.

 

Em nota, a Polícia Civil disse que uma alternativa encontrada foi o uso de tornozeleiras eletrônicas por presos que cometeram “crimes de menor potencial ofensivo”. Eles são monitorados pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Sesp. O número de presos monitorados subiu de 500, no começo de 2015, para mais de seis mil neste ano.

Ainda de acordo com o documento, a corporação gerenciava em torno de 14 mil presos no início de 2011 e, atualmente, são cerca de 9,5 mil.

A Polícia Civil também ressaltou que serão abertas cerca de sete mil novas vagas até o fim de 2018 com as obras de construção e ampliação de unidades prisionais no estado.

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


três + = 11

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>