Peixes são retirados vivos de escombros em chafariz do Museu Nacional

Peixes são retirados vivos de escombros em chafariz do Museu Nacional

Equipes começaram a colocar tapumes, vigas e uma cobertura para proteger o que está dentro do prédio

Uma semana após o incêndio que destruiu grande parte do acervo do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, na Zona Norte do Rio, equipes foram contratadas para colocar tapumes, vigas de sustentação nas paredes e uma cobertura para proteger o que está dentro do prédio.

Alexander Kellner, diretor do Museu Nacional, e equipes do Zoológico do Rio, contaram a GloboNews que foram resgatados peixes vivos no meio dos escombros do museu. Eles ficavam no chafariz do átrio central e conseguiram sobreviver.

“É o chafariz pelo qual eu passava todos os dias. Dentro da desgraça, pequenos momentos de felicidade”, disse Kellner.

Cerca de 1,5 milhão de peças, das coleções botânicas, de mamíferos e répteis, além de livros, estavam em outros prédios e não foram consumidos pelas chamas.

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× nove = 72

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>